Rack para Servidor: Banco BMG investe em melhorias em sua rede corporativa

O Rack para Servidor é fundamental para o sistema de refrigeração de todo Data Center

O Rack para Servidor é o ponto de partida para o projeto de qualquer rede. Durante a segunda metade do último século, o computador foi o protagonista de grandes mudanças que alteraram por completo o rumo da humanidade. Ele abriu novas portas para o desenvolvimento e a produtividade que trouxeram um nível de conforto nunca antes alcançado na história, mesmo nas classes menos abastadas. Dentro de todos os ambientes, seja em nossas casas, nas escolas e especialmente na vida profissional, ele exerce uma função chave. Principalmente quando ele está em grupo. As redes, com o Rack para Servidor, regem no novo milênio.

Uma das primeiras áreas em que a informática começou a ser empregada foi o mercado financeiro. A sua capacidade de calculo combina perfeitamente com este segmento. Um dos principais bancos brasileiros, o mineiro BMG, seguindo a tradição, está investindo na renovação de sua rede, com o Rack para Servidor, para melhorar seus processos internos e aumentar a produtividade de sua equipe de funcionários.

rack para servidor

“A filosofia da nossa empresa é sempre buscar melhorar cada ponto do nosso negócio. A ideia é sempre apostar na pro-atividade. Nós sabemos que os softwares evoluem rapidamente, e precisamos dar o espaço adequado para este crescimento. Por isso, vamos criar mais um data center do zero, desde o Rack para Servidor até a refrigeração de todo o complexo. Este esforço vai aumentar em 40% a nossa capacidade de banda, e melhorar em muito a nossa velocidade de fluxo de dados entre as filiais. Isto traz uma maior agilidade e vai permitir aos nossos colaboradores desenvolverem melhor as suas funções”, diz o gerente de tecnologia da informação Marcelo Silva Moreira.

Você pode encontrar diversos modelos de racks visitando: http://www.informaticashop.com.br/rack-para-servidor.html

O rack para servidor precede a era da informática. Sua origem está na área de telefonia e ele foi criado há quase cem anos para acomodar todos os circuitos que completavam as ligações. Com a evolução das redes, ele encontrou uma utilidade maior do que a original para a qual foi criado. Sua constituição lembra a de uma caixa de metal, um cofre, e é uma forma de restringir o acesso ao seu conteúdo. Outro ponto importante é a organização do fluxo de ar que refrigera e mantém a temperatura ideal de todos os aparelhos. Então mesmo que o dia no banco seja cheio, os computadores que guardam todos os dados das transações, estarão fresquinhos e a salvo.